17 Setembro, 2015

Tem por objetivo ser a maior e melhor montra nacional das Tecnologias da Informação, Comunicação e Eletrónica (TICE), chama-se TECHDAYS Aveiro e vai reunir seis dezenas de centros de investigação, empresas de comunicação e eletrónica, investigadores e utilizadores para discutirem e partilharem o que de melhor faz (e projeta fazer) o país na área das tecnologias. Organizado pelo Instituto de Telecomunicações (IT) em parceira com a Universidade de Aveiro (UA), a Associação Empresarial INOVARIA e o Polo de Competitividade TICE, em cooperação com a Câmara Municipal de Aveiro, a feira decorre de 17 a 18 de setembro, no Parque de Feiras e Exposições Aveiro Expo.

Pires de Lima, ministro da Economia, e Pedro Gonçalves, secretário de Estado da Inovação, estarão presentes, a partir das 10h00, na sessão inaugural do certame.

Durante os dois dias, a TECHDAYS Aveiro (http://www.techdays.pt/ ) será palco de conferências e debates para discussão de temas relevantes para o setor TICE, de uma exposição de posters e demonstradores da tecnologia produzida nos centros nacionais de I&D, de uma feira de tecnologia dedicada à indústria das TICE, da Conferência Nacional de Telecomunicações e ainda de uma mostra tecnológica de Municípios e Smart Cities. Presentes estão já confirmadas, desvenda a organização, “mais de meia centena de expositores, considerando que o setor das tecnologias de informação, as instituições de I&D nacionais e os organismos públicos que vão estar na feira, representam uma boa amostra da capacidade de produção de tecnologia em Portugal”.

Nuno Borges de Carvalho, investigador do Instituto de Telecomunicações de Aveiro, e um dos responsáveis pela organização do TECHDAYS Aveiro, aponta para um evento preparado para juntar indústria, academia e consumidores num mesmo espaço. “Faz muito sentido criar esta feira de tecnologias em Portugal”, garante o investigador que não tem dúvidas: “É uma excelente oportunidade para se ver o que anda a ser feito pelas empresas TICE no mercado”. Porque, aponta Nuno Borges, “uma coisa é mostrar uma tecnologia no papel, outra bem diferente, é dar a conhecer um protótipo a funcionar e provar que não se trata de uma ideia que nunca passou de um papel guardado numa gaveta qualquer”.

O evento, de entrada livre, tem o Alto Patrocínio da Presidência da República. Entre as empresas e entidades que vão estar presentes, figuram nomes conhecidos como a Tekever, a Anacom, a Wavecom, a Uninova, a Força Aérea Portuguesa, a Evoleo Technologies, entre outras marcas. “O nosso objetivo é repetir este evento todos os anos”, garante Nuno Borges de Carvalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *