Daily Archives: 21 Setembro, 2015

Presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social Inaugura Ano Letivo dos Programas de Mestrado e de Doutoramento em Ciências da Comunicação na Universidade Católica

Os Programas de Mestrado e de Doutoramento em Ciências da Comunicação 2015/16 da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa são inaugurados com uma conferência do Dr. Carlos Magno, Presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, sobre “Os Desafios da Regulação dos Media no Contexto Digital”. Na sessão será também entregue o Prémio GfK ao melhor aluno do 2º ano do mestrado e serão, ainda, divulgadas informações úteis sobre o funcionamento do curso.

Cerca de 150 alunos de Mestrado e Doutoramento em Ciências da Comunicação da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa inauguram o ano letivo 2015/16

A Sessão terá lugar no próximo dia 24 de setembro, às 18h00, no Auditório 1 da Faculdade de Ciências Humanas. No final da sessão será servido um coffee-break, que propiciará um convívio entre professores e alunos.

O Futuro da Aprendizagem em Discussão

No próximo dia 1 de Outubro, Matosinhos recebe o Fórum “(R)Evolução da Aprendizagem – Debater as competências para o futuro”, que reúne  diversas entidades envolvidas em estratégias da União Europeia para a Aprendizagem ao Longo da Vida, com o objectivo fazer avançar a educação e apresentar várias iniciativas (nacionais e europeias) que representem boas práticas de inovação educativa.

Iniciativa Europeia debate os caminhos pelos quais deve avançar a educação e a formação no contexto europeu.

Este evento surge no âmbito da iniciativa Lifelong Learning Hub (LLL-HUB) apoiada pela Comissão Europeia e dinamizada pela Associação Portuguesa de Gestão de Pessoas, que procura fomentar a cooperação intersectorial e transnacional entre atores regionais/nacionais no sentido, entre outros, de dar resposta aos desafios e metas definidos no Quadro Estratégico Educação e Formação 2020.

A organização do Fórum está a cargo de entidades associadas à iniciativa LLL-HUB, designadamente da INOVA+ e da Advancis Business Services, em estreita cooperação com a Câmara Municipal de Matosinhos. Para Ana Solange Leal, gestora de projetos na INOVA+, este Fórum “constitui uma excelente oportunidade para os educadores e os gestores de pessoas, interessados em participar na mudança e melhoria do processo de aprendizagem ao longo da vida, darem o seu contributo na discussão das estratégias a promover e a adoptar na resposta aos desafios prementes que existem neste contexto”. As alterações a nível social e laboral, verificadas nos últimos anos, requerem novas competências que deverão ser promovidas e desenvolvidas nos alunos para contribuir que se tornem profissionais mais preparados e capazes de responder às necessidades das organizações. Por isso, Ana Solange Leal deixa o repto “a participação de todos os educadores e os gestores de pessoas é o mais importante neste processo, daí que seja absolutamente necessário que todos colaborem, participando neste Fórum”.

A participação no Fórum é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia, pelo que os interessados deverão enviar um e-mail para forummatosinhos@gmail.com até ao próximo dia 28 de setembro.

Rede europeia de prevenção no trabalho traz participantes de 37 países a Portugal

Portugal vai receber pela primeira vez a conferência internacional da rede WorkingOnSafety – WOS2015. O evento decorre entre a próxima quarta e sexta-feira, dias 23 a 25, no Hotel Sheraton, no Porto. Sob o tema “Prevenção inteligente para uma segurança sustentável”, o programa científico inclui 165 apresentações orais e 20 posters, representando mais de 450 autores de 37 países.

Inspetor-geral da ACT e presidente do CRUP presentes na sessão de abertura, terça-feira às 18h30, no Sheraton Porto

 

A sessão de abertura é na terça-feira, às 18h30, com o inspetor-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), Pedro Pimenta Braz, o reitor da Universidade do Minho e presidente do Conselho de Reitores, António M. Cunha, e ainda Pedro Arezes, presidente do evento e professor catedrático da UMinho. O programa técnico arranca na manhã seguinte com a palestra de Jack Dennerlein, das universidades de Harvard e Northeastern (EUA). Ao longo do evento há diversos oradores de referência mundial, desde académicos a gestores de topo, bem como sessões paralelas e vários prémios, incluindo pela primeira vez a melhor apresentação de um aluno de doutoramento.

A conferência quer refletir a forma como a segurança e o trabalho são encarados por trabalhadores, empresas e decisores face às profundas alterações sociais e demográficas, à globalização e à crescente competição por recursos, entre outros aspetos. Para Pedro Arezes, os novos desafios requerem intervenções cada vez mais “inteligentes” para prevenir acidentes de trabalho: “A prevenção deve ser planeada para ser socialmente sensível, economicamente viável, inovadora, multidisciplinar e, acima de tudo, focada em criar uma segurança sustentável”. No WOS2015 serão divulgadas propostas de estratégias neste âmbito, ressalvando as necessidades das gerações atuais e futuras.

O evento é organizado pela UMinho, com a parceria das universidades do Porto, Lisboa, Nova de Lisboa, Aveiro e ISCTE, a Sociedade Portuguesa de Segurança e Higiene Ocupacionais, a Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) e ainda dez instituições internacionais. É a oitava edição da iniciativa, após a estreia na Dinamarca em 2002, seguindo-se a Alemanha, Holanda, Grécia, Noruega, Polónia e Escócia. O site oficial é www.wos2015.net.

WorkingOnSafety.net é uma rede internacional de decisores, investigadores e profissionais responsáveis pela prevenção de acidentes e trauma no trabalho, suportada pela Agência Europeia de Segurança e Saúde no Trabalho. Trata-se de um fórum permanente e informal de partilha de experiências, descobertas e boas praticas nesta área a nível global.

IPCA abriu até 30 de setembro 2ª fase de candidaturas a cursos TeSP

 

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) abriu até 30 de setembro a 2ª fase de candidaturas a Cursos Técnicos Superiores Profissionais (TeSP). Para esta 2ª fase, estão disponíveis mais de 200 vagas em todos os 13 cursos TeSP do IPCA, que decorrerão no Campus de Barcelos e, também, nos polos de Braga e de Guimarães.

Tal como sucedeu na 1ª fase, as candidaturas decorrem online, através de uma plataforma específica que se encontra disponível no site do IPCA, em www.ipca.pt.

Todos os candidatos que não foram colocados na 1ª fase estão automaticamente admitidos para esta 2ª fase, exceto os que foram excluídos. Por seu turno, os que foram colocados e não se matricularam, terão de apresentar nova candidatura, caso pretendam ingressar num curso TeSP do IPCA.

Os TeSP são um novo tipo de formação superior, de nível 5, com a duração de dois anos que incluem seis meses de estágio numa empresa. Estes cursos conferem um Diploma Técnico Superior Profissional e dão a possibilidade de prosseguir os estudos numa licenciatura.

Neste novo ano letivo, o IPCA tem disponíveis vagas para dois cursos TeSP em Barcelos: Apoio à Gestão (pós-laboral) e Desenho Técnico e Maquinação (diurno e pós-laboral).

No polo de Braga irão decorrer, exclusivamente em regime diurno, os seguintes cursos: Aplicações Móveis; Apoio à Gestão; Contabilidade e Fiscalidade; Eletrónica, Automação e Comando; Exportação e Logística; Instalações Elétricas; Organização e Gestão de Eventos; Seguros; Serviços Jurídicos.

Para o novo polo de Guimarães, que será inaugurado em outubro, estão abertas vagas para os seguintes cursos, em regime diurno: Aplicações Móveis; Apoio à Gestão; Contabilidade e Fiscalidade; Design de Calçado; Exportação e Logística; Mecânica Automóvel; Redes e Segurança Informática.

Podem candidatar-se a estes cursos, sem necessidade de realização de prova, os titulares de um curso secundário profissional de nível 4, titulares do 12º ano completo (ou habilitação equivalente), titulares de um diploma de especialização tecnológica (CET) ou titulares de um grau de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional.

Com necessidade de realização de prova e frequência de uma formação complementar, podem ainda concorrer os aprovados nas provas M23 e os titulares do 10º e 11º anos completos (sem o ensino secundário completo).

Universidade Católica promove hoje sessão de Acolhimento ao Estudante Internacional

ucp-noticia-1432297335369

Alunos de 87 nacionalidades da Universidade Católica Portuguesa, de Lisboa, Porto Braga e Viseu, vão-se encontrar no dia 21 de setembro, nas instalações da UCP, em Lisboa, para partilharem experiências. Entre as atividades do dia, conta-se um chat com estudantes e docentes internacionais da instituição subordinado ao tema:

“#Portugal inside out “.

A mobilidade internacional constitui um dos eixos da estratégia de internacionalização da universidade, que se tem vindo a fazer de forma sistemática ao longo da última década, focada no mercado de língua inglesa. O processo de internacionalização da UCP apresenta-se  como estruturante da atividade de investigação, ensino e serviço à comunidade da universal e essencial à estratégia de desenvolvimento da instituição para o futuro.

A sessão realiza-se hoje às 11h30 no Auditório Cardeal Medeiros, Palma de Cima, em Lisboa.

Para mais informações consulte o programa do evento:

INTERNATIONAL STUDENT MEETING

11:30am – Welcome – Isabel Capeloa Gil, Vice-Rector for Internationalization

11.45am – “The University at a glance” – video

12:00am – #globalchat “Portugal inside out”

Chair

Prof. Ricardo Reis (Portugal) Lecturer CLSBE

Speakers

Dr. Kevin Rose (U.K.) Lecturer Faculty of Human Sciences

Alejandro Jorges (Bolívia) MSc. Student Applied Microbiology (Oporto)

Carlos Silva (China) B.A. Student Applied Foreign Languages (Lisbon)

Giancarla Brunetto (Brazil) PhD student Faculty of Philosophy & Social Sciences (Braga)

Tracy Maguze (Zimbabwe) PhD student Law School (Lisbon)

13:00pm – Closing Session – Maria da Glória Garcia, Rector

Group Photo

Lunch