27 Março, 2018

O Campus de Santos da Universidade Europeia vai receber, entre 13 e 15 de abril, a segunda edição do evento Games for Good, uma game jam de responsabilidade social que tem como objetivo ajudar, através do desenvolvimento de jogos, organizações não-governamentais e de solidariedade social bem como instituições de utilidade pública e sem fins lucrativos, a encontrar soluções para algumas das suas necessidades reais.

O Banco Alimentar, a Entreajuda, a Associação Humanidades e a União das Mutualidades Portuguesa são algumas das instituições que se associaram, este ano, ao evento e que vão desafiar os participantes a colocar em prática técnicas de criação de jogos e de gamification para resolverem situações reais das suas organizações.

Durante o fim-de-semana (13 a 15 de abril), os estudantes vão desenvolver os desafios propostos pelas entidades participantes num ambiente descontraído e de grande convívio. Tal como na primeira edição, o evento divide-se em duas categorias: Games for Good Junior, dirigido a alunos do ensino secundário (40 vagas) e Games for Good Pro, destinado a criadores profissionais e estudantes do ensino superior (80 vagas). A iniciativa tem inscrições limitadas a  120 participantes.

O júri será composto por David Amador, Uriel Cordas e Maria João Andrade, personalidades do mundo dos Jogos, e ainda por duas representantes de entidades que participaram na primeira edição: Maria João Sequeira, da Menta8Works, e Maria Teresa Mendes, da Florescer.

Para Bruno Correia da Silva, coordenador da licenciatura Games & Apps Development da Universidade Europeia, “O Games for Good é o evento perfeito para mostrar como os jogos podem ter um impacto positivo na sociedade. São três dias durante os quais todos os participantes se unem e contribuem com o seu esforço e criatividade para resolverem desafios reais, lançados por entidades com intervenção social e que necessitam de ajuda”.

A Bee Engineering, através da sua unidade GameLAB, é co-coordenadora do evento e mentora das equipas participantes. “Ser parceiro da Games for Good reveste-se da maior importância para a Bee Engineering, na medida em que as técnicas de gamificação e de jogo corretamente aplicadas aceleram processos e melhoram os resultados de qualquer organização. Por esta via redobramos o apoio a organizações de solidariedade social, uma linha de ação que faz parte do nosso percurso desde o primeiro dia, e conseguimos colocar ao serviço do bem comum as melhores práticas de gamificação e de game development. A nossa unidade GameLAB tudo fará para que do evento Games for Good saiam projetos geradores de valor para as organizações e participantes”, explica José Leal e Silva, Diretor Executivo da Bee Engineering.

A segunda edição da Games for Good, promovida pela Universidade Europeia, decorre em parceria com a Bee Engineering, Associação Nacional de Professores de Informática (ANPRI) e Ludoteca, contando ainda com o patrocínio da Sony Playstation e da Collide e com o apoio de Joana Almeida (com o produto LibrarIoh’s Bitmap Font Renderer), de Luís Fonseca (com o produto Pro Camera 2D) e da Amplify Cretinos (com o produto Plugins Amplify).

A Games for Good nasce no âmbito da licenciatura em Games & Apps Development da Universidade Europeia que oferece aos seus estudantes a possibilidade de adquirir competências essenciais a uma carreira internacional de sucesso na indústria dos videojogos. Totalmente lecionado em inglês, o programa prevê um semestre de mobilidade internacional obrigatório, durante o qual os estudantes podem frequentar a prestigiada Media Design School da Nova Zelândia, escola da rede Laureate International Universities.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *