31 Outubro, 2019

Palma de Cima, 30 de outubro de 2019

Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa vai receber, no próximo dia 8 de novembroWalter Robinson, Editor-at-Large no The Boston Globe que trará a debate o tema “Democracy’s Survival is in Peril. Can a Free Press and Investigative Reporting save it?“.

De visita a Lisboa, o prestigiado jornalista de investigação que denunciou o caso Spotlight, sobre os abusos sexuais cometidos por padres católicos nos Estados Unidos da América, irá proferir uma palestra especialmente destinada aos alunos de Ciências da Comunicação, mas aberta a toda a comunidade académica. Walter Robinson irá falar sobre o seu percurso profissional e explicar como liderou a investigação deste caso que foi acompanhado em todo o mundo e que lhe valeu o Prémio Pulitzer 2003.

“Walter Robinson é uma das referências maiores do jornalismo contemporâneo, tendo-se destacado por cumprir uma das missões nobres do jornalismo: denunciar situações de abuso de poder.  O seu percurso profissional será certamente inspirador para os estudantes de jornalismo da Faculdade de Ciências Humanas e também para todos aqueles que acreditam na importância do jornalismo de investigação” salienta o Prof. Nelson Ribeiro, diretor da Faculdade.

A palestra terá lugar no Auditório 3, no campus da Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, a partir das 18h00.

Sobre Walter Robinson:

Walter V. Robinson é Editor-at-Large do The Boston Globe, onde as suas impactantes peças sobre acontecimentos locais, nacionais e internacionais estão na primeira página desde 1972. É também professor de jornalismo de investigação na Arizona State University e na Northeastern University. Robinson liderou a unidade de investigação Spotlight que, no início da década de 2000, denunciou o escândalo que encobriu os crimes de centenas de padres católicos em Boston, nos Estados Unidos da América. O caso foi amplamente mediatizado não só nos Estados Unidos da América como em todo o mundo, tendo valido ao jornalista o Prémio Pulitzer de 2003 por serviço público. A investigação serviu ainda de argumento para o filme O Caso Spotlight, vencedor de Óscar em 2015. Depois de liderar a equipa de investigação durante sete anos, em 2007 Robinson deixou o jornal para se tornar professor de jornalismo na Northeastern University. Em 2014, regressou ao jornal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *