31 Outubro, 2019

Mais de 120 participantes partilham boas práticas entre 4 e 8 de novembro

Setúbal, 30 de outubro de 2019 – Mais de 120 participantes, 27 dos quais em representação de parceiros estrangeiros, vão estar reunidos na 12ª Semana Internacional do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), que decorre entre os próximos dias 4 e 8 de novembro, uma edição especial comemorativa do 40º aniversário da instituição e que projeta o futuro das redes de mobilidade no contexto do ensino superior.

Sob o lema “Creating networks for the next 40 years”, o evento vai este ano oferecer um programa de atividades académicas, culturais e científicas que permitirá uma reflexão conjunta e o aprofundamento de contactos em três grandes áreas de trabalho, nomeadamente Investigação & Desenvolvimento (I&D), novas práticas pedagógicas e estratégias de internacionalização.

sessão de abertura está agendada para as 9h00 de dia 5 de novembro, no Auditório Nobre do IPS, seguindo-se-lhe uma sessão plenária em que Albano Alves, vice-presidente do Politécnico de Bragança, e Hernâni Dias, presidente da Câmara Municipal de Bragança, partilharão com o auditório os ganhos alcançados nesta região do interior como resultado de uma estratégia de atração, acolhimento e integração de estudantes estrangeiros.

Através de várias sessões plenárias e mesas redondas, estes cinco dias de partilha serão uma oportunidade de pôr em contacto estudantes, docentes e investigadores do IPS e os colegas convidados de instituições nacionais e internacionais com quem o Politécnico de Setúbal mantém relações de cooperação, nomeadamente de países como Alemanha, Bélgica, Holanda, Brasil, Ucrânia, Polónia, Finlândia, Dinamarca, Eslovénia e Uzbequistão.   

Finalmente, às Práticas Pedagógicas, terceiro grande tema do encontro, será dedicado uma sessão de formação, agendada para quinta-feira, dia 7, na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro (ESTBarreiro/IPS), abordando metodologias de ensino-aprendizagem inovadoras.

O programa social/cultural do encontro internacional inclui uma visita à Quinta da Bacalhôa, em Azeitão, que dá o nome a uma das maiores e mais inovadoras empresas vinícolas portuguesas, com passagem pela serra da Arrábida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *